Auriculoterapia e seus tratamentos | Por Silvava Hechem Navarro

Tempo de leitura: 2 minutos

A Auriculoterapia é um tratamento de fácil aceitação que utiliza várias técnicas de tratamento no pavilhão auricular em pontos correspondentes a anatomia do corpo humano. Existem mais de 200 pontos para equilibrar a energia Yin e Yang na Medicina Tradicional Chinesa.

Em pacientes com uma saúde equilibrada, as orelhas mostrarão sinais de equilíbrio, já em casos em que os pacientes possuem um grau de estresse, cansaço, desequilíbrio emocional ou ansiedade, elas mostrarão por sinais nos pontos específicos esse desequilíbrio. Por exemplo, se ocorrer uma oscilação emocional, principalmente da raiva, seu ponto de fígado estará em excesso e apresentará sinais de desequilíbrio.

Orelha com alterações morfológicas
FONTE: Acervo pessoal

O formato do seu pavilhão diz muito sobre o paciente, como por exemplo, se a imunidade está baixa, se possui dores no corpo, peso nas pernas, se não teve uma boa noite de sono e qual o local afetado. Quando aparecem mudanças morfológicas no pavilhão auricular como manchas, pelos, comedões, vermelhidão, descamação ou coloração esbranquiçada, isso pode indicar um desequilíbrio energético, uma doença que já foi curada, uma doença que está para acontecer ou que já esta instalada no organismo.

Além disso, quando um órgão foi retirado a orelha apresenta uma marca em formato de depressão no ponto referente ao órgão, como na imagem abaixo, de um paciente que sofreu uma retirada da vesícula biliar.

Paciente com retirada da vesícula biliar
FONTE: Acervo pessoal

Um desequilíbrio muito comum hoje em dia é o refluxo, que ocasiona um fluxo invertido do Qi, apresentando no ponto de cárdia e esôfago um desequilíbrio, como na foto abaixo, onde o local do ponto mostra-se avermelhado e profundo.

Paciente com quadro de refluxo gástrico
FONTE: Acervo pessoal

Outro exemplo de desequilíbrio observado na Auriculoterapia são quadros de início de herpes zoster, como na imagem abaixo.

Paciente com quadro de herpes zoster
FONTE: Acervo pessoal

A Auriculoterapia e as orientações médicas devem ser associadas durante o tratamento e nunca devem ser retiradas as prescrições médicas. Dessa forma, com o tratamento e a prevenção, é possível manter a saúde e também estabilizar doenças crônicas para que as mesmas não evoluam com maior rapidez.


Silvana Hechem Navarro é fisioterapeuta (CREFITO-3/56.309-LTF) e acupunturista, bem como é professora e coordenadora de ambulatório do Instituto Long Tao.

Este texto foi enviado pelo profissional mencionado e seu conteúdo é de sua total responsabilidade. 

2 Comentários


  1. Olá gostaria de mais informações sobre o curso de auriculoterapia e quando haverá novas turmas. Aguardo contato.
    Obrigada
    Daniela Oliveira

    Responder

    1. Olá Daniela, tudo bem?
      Lhe encaminhamos um email com todas as informações!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *