Psoríase sob o ponto de vista da Medicina Tradicional Chinesa | Por Vânia Santos

Tempo de leitura: 4 minutos

A psoríase é uma doença dermatológica inflamatória da pele que apresenta como característica principal a formação de placas eritemato-escamosas, ela acomete 2% da população mundial. A psoríase não é contagiosa e é de evolução crônica, ou seja, não tem cura. É uma doença autoimune, o que significa que o sistema imunológico ataca o próprio corpo.

Esta doença frequentemente é associada com doenças gastrointestinais e cardiometabólicas, artrite psoriásica, diferentes tipos de câncer e distúrbios de humor. Apesar da hereditariedade, o risco é de apenas 20% do descendente ser afetado, em cerca de 39% a 80% dos pacientes o estresse é relatado como um fator desencadeante ou agravante das lesões da psoríase.

Alguns autores consideram a psoríase uma psicodermatose por apresentar características emocionais, e têm sido relacionados com pacientes psoriásicos a ansiedade, depressão, obsessão e agressividade, transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e o estresse pós-traumático.

A principal causa dessas alterações segundo a Medicina Tradicional Chinesa são os fatores emocionais, a grande maioria dos casos de psoríase está relacionado com o estado de estresse emocional como ansiedade com tendência a obsessão e depressão, com certa agressividade. A MTC relaciona como causas de psoríase as frustrações e a raiva reprimida, além do excesso de excitação e pressão nos relacionamentos pessoais.

O Fígado (Gan) é o principal órgão que é acometido nos psoriásicos pelo tipo de emoção e personalidade mais agressiva destes indivíduos, associado ao Baço (Pi), já que remoer pensamentos obsessivos é característico deste órgão. A principal lesão de psoríase é uma estagnação de Qi (Energia) e Xue (Sangue) pela desarmonia do Fígado (Gan) e do Baço (Pi).

O tratamento da psoríase pela acupuntura se inicia pelo diagnóstico da Medicina Tradicional Chinesa considerando os padrões de desarmonia energética – não somente em psoríase, mas em toda patologia dermatológica deverá iniciar pela técnica de mobilização de Qi Mental.      

A mobilização de Qi Mental foi desenvolvida por Yamamura (1990), é a maneira como os indivíduos vivenciam os acontecimentos e como os registram em sua memória quando convertido em emoções. A mente (Shen) e a pele mantém um relacionamento – mente (Yin) e pele (Yang) – por isso as alterações emocionais da mente (Shen).  

Normalmente a psoríase acontece devido ao acometimento pelo vento-umidade ou vento-secura da camada do Xue (Sangue) da pele, bloqueando localmente a circulação de Qi (Energia) e de Xue (Sangue), ao ser comprimida a energia perversa transforma-se em vento-calor que é o fator principal para desnutrição local da pele, gerando o aparecimento da psoríase. 

 O principal padrão de desarmonia é a estagnação de Qi (Energia) e de Xue (Sangue), tendo como principais órgãos acometidos o Fígado (Gan) e o Triplo-Aquecedor (Sanjiao), o acometimento do Triplo-Aquecedor Superior (Shangjiao) está sobre influência do Pulmão-Coração (Fei–Xin), do Aquecedor Médio (Zhongjiao), do Baço (Pi), Estomago (Wei) e do Aquecedor Inferior (Xiaojiao), Bexiga (Pangguang) e Rins (Shen).

Devemos também acrescentar ao tratamento outras técnicas para acelerar o processo da melhora, como por exemplo a Dietoterapia Chinesa, Fitoterapia, Auriculoterapia, Cromoterapia, Stiperterapia, Laserterapia e Magnetoterapia.

Cercar lesão: Pode-se também tratar as lesões individualmente as cercando, mas isto é recomendado quando são baixo número;

Cromoterapia: Aplicar luz verde e azul durante 5 minutos cada;

Auriculoterapia: Shenmen, Rim, Simpático, Diafragma, Área da Alergia, Pulmão, Baço, Coração, Intestino Grosso, Fígado, Vesícula Biliar, Ansiedade, Tensão Emocional (em alguns mapas, é encontrado com nome de Hélice 5).  A Acupuntura é um método complementar com ótimos resultados nos tratamentos da psoríase, sendo considerada uma forma natural de cuidar da saúde, pode reduzir ou até eliminar os efeitos da  psoríase, melhorando a auto-estima e a qualidade de vida dos pacientes. 

“O que há de mais profundo no homem é a sua pele”
Paul Valéry

Referências:

https://www.muitobemvindo.com.br/psoriase

http://omnipax.com.br/livros/2013/ANAC/anac-cap04.pdf

https://www.saude.gov.br/images/pdf/2019/setembro/11/Portaria-Conjunta-PCDT-Psor–ase-2019.pdf

PROFESSOR XIE ZHUFAN – Praticas da Medicina Tradicional Chinesa – São Paulo: 2009

 MARIA ASSUNTA YAMANAKA NAKANO, YSAO YAMAMURA – Acupuntura em Dermatologia e Medicina Estética

 MARIA ASSUNTA YAMANAKA NAKANO, YSAO YAMAMURA – Acupuntura em Dermatologia e Estética

FERNANDA MARA DOS SANTOS – Manual definitivo de Auriculoterapia Chinesa – São Paulo, 2009

VALCAPELLI – Cromoterapia o Segredo das Cores – São Paulo, 2017

VITOR SILVA SENNA, PAULA RAQUEL DA SILVA, HAMILTON BERTAN – Acupuntura Auricular – São Paulo, 2012 

Vânia Santos é enfermeira (Coren-SP 181.455), especialista em Medicina Tradicional Chinesa/Saúde Integral e professora de Acupuntura e Coordenadora do Ambulatório no Instituto Long Tao.

Este texto foi enviado pelo profissional mencionado e seu conteúdo é de sua total responsabilidade.

2 Comentários


  1. Muito interessante a matéria, sou uma pessoa que me encontro com esse problema de pisoriase e estou buscando conhecer outro tipo de tratamento para conseguir vencer esse diagnóstico., Existe algum profissional no Estado do Maranhão.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *