O Rim na visão da MTC (Elemento Água) | Por Vanessa Marques

Tempo de leitura: 2 minutos

Pela MTC o Rim é um dos órgãos mais importante, pois é ele que carrega nossa essência vital (Jing), responsável pelo nosso desenvolvimento, reprodução e fertilidade. São eles que também filtram todos os nossos líquidos corporais para todos os órgãos.

O medo e o estresse atuam diretamente nos nossos rins, levando-os ao desequilíbrio.

Eles são a fonte de Qi Pré natal que herdamos dos nossos pais, é a constituição inata da pessoa. Temos a essência pós natal, que é aquela que controlamos através da alimentação e respiração, junto com tudo isso ele ainda produz a medula.

Então, quando em deficiência tendemos a ter um organismo mais fraco, baixa imunidade, consequentemente afetando os outros órgãos.

Pela lei dos 5 elementos da MTC o Rim é filho de Pulmão, quando o mesmo entra em deficiência de Qi irá consumir primeiramente a energia de Pulmão, acarretando assim a deficiência do mesmo, acarretando maior facilidade desenvolvimento de doenças respiratórias.

Por isso o medo pode vir a afetar o sistema imunológico, pois nosso corpo é um conjunto.

Deficiência de Yin do Rim: 

Apresentam-se: dor e fraqueza da região lombar e joelhos, tonturas, zumbido nos ouvidos, problemas de audição, boca e garganta seca, sensação de calor nas palmas das mãos, solas dos pés e peito, sudorese espontânea, constipação e emissão seminal.

Deficiência de Yang Qi: 

A deficiência de Yang diminui a atividade energética do Rim, portanto, esse processo diminui a força energética do Rim para promover a ascensão da energia, levando ao acúmulo e à eliminação por meio da abertura dos esfíncteres, causando enurese noturna e edemas.

Com a eliminação excessiva de líquidos provocada pelo desequilíbrio, aumenta a necessidade por alimentos de sabor e conteúdo salgados. Essa condição pode ser o início da deficiência de Yin Qi.

Vamos cuidar do nosso emocional também, procure fazer o que gosta, medite, faça exercícios de respiração, atividades físicas moderadas, crie, escute uma boa música e tenha uma boa alimentação.


Vanessa Marques é Acupunturista e professora do Instituto Long Tao.

Este texto foi enviado pelo profissional mencionado e seu conteúdo é de sua total responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *