Impotência na Visão Medicina Tradicional Chinesa | Vânia Santos

Tempo de leitura: 5 minutos

A impotência sexual tem se tornado cada vez mais comum nos dias de hoje, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 30% dos homens do planeta sofrem de disfunção erétil em algum nível (grave, moderado e ou mínimo). No Brasil, calcula-se que mais de 25 milhões de homens com mais de 18 anos tenham algum grau de impotência. Desse total, 11,3 milhões possuem disfunção moderada ou severa. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, mais de um milhão de novos casos surgem a cada ano. A disfunção erétil (DE) ou impotência sexual é a incapacidade persistente de obter e/ou manter uma ereção peniana o suficiente para a penetração ou para o término do ato sexual satisfatoriamente, também pode ser promovido por um problema de saúde psicológica. Algumas emoções geram altos níveis de adrenalina, neurotransmissor que impede os homens de terem ereções. Quando essas emoções são constantes, o homem acaba desenvolvendo um quadro crônico de impotência sexual.

Fatores de risco

Diabetes melito, doenças cardiovasculares, idade, tabagismo, aterosclerose, trauma pélvico ou perineal/cirurgia pélvica, endocrinopatias, hipertensão arterial, doenças neurológicas, drogas recreacionais, medicamentos anti-hipertensivos, antidepressivos e as aislipidemias.

Quadros de ansiedade; altos níveis de estresse; traumas pós-acidentes; medos relacionados ao fracasso sexual e possibilidade de humilhação; padrões estéticos exagerados; conflitos emocionais e amorosos; baixa autoestima; casos precedentes de abuso sexual; isolamento social, excesso de álcool e depressão

Diagnóstico

Uma pesquisa apresentada pelo Instituto H. Ellis, em São Paulo, revelou que, em média, os homens só buscam ajuda médica após quatro anos do início do problema. Além da história médica e sexual, deve ser realizado exame físico de forma completa (toque retal, pressão sanguínea, distribuição de pelos e gordura pelo corpo, ginecomastia, exame genital), uma vez que pode revelar causas diretas de disfunção erétil, comorbidades e outras doenças relevantes. Exames laboratoriais são solicitados conforme a queixa clínica.

Tratamento

Clínico e cirúrgico. O tratamento clínico consiste em psicoterapia, drogas orais (inibidores da fosfodiesterase tipo 5), drogas intracavernosas, bomba de vácuo. O tratamento cirúrgico consiste basicamente em implante de prótese peniana, pois as cirurgias arteriais são indicadas em apenas uma pequena fração de homens selecionados.

Impotência na Visão Medicina Chinesa

Na Medicina Tradicional Chinesa a função sexual do homem se baseiam na coordenação e na harmonia entre o Rim e o Coração. O Coração tem um papel crucial na ereção, orgasmo e ejaculação. O coração rege o sangue e os rins estocam a essência vital que são substancias para manutenção das atividades da vida. Para executar essas funções, o Qi (energia) do Coração descende para se comunicar com o Qi (energia) do Rim.  O Coração descende para aquecer os rins e á agua dos rins ascende para irrigar o coração, isso é chamado de “coordenação do coração e dos Rins”, essa coordenação entre eles asseguram uma função sexual normal em ambos os sexos.

O Coração abriga a mente, o funcionamento do Coração (Xin) e do Sangue (Xue) afetam as atividades mentais, as emoções, a consciência, a memória, o pensamento e o sono, pois o Coração (Xin) é a residência da mente. Esta metáfora quer dizer, que uma mente bem irrigada, executa suas funções de forma plena.

O Rim é um dos órgãos mais importante, pois é ele que carrega nossa essência vital (Jing), responsável pelo nosso desenvolvimento, reprodução e fertilidade. São eles que também filtram todos os nossos líquidos corporais para todos os órgãos. O medo e o estresse atuam diretamente nos nossos rins, levando-os ao desequilíbrio.

As causas pela Medicina Tradicional Chinesa:  

  • Deficiência Yang Rim
  • Deficiência Yang Baço é Coração
  • Umidade e calor no aquecedor inferior
  • Deficiência Yin do Fígado e do Rim
  • Deficiência da essência do Rim

Tratamento

No diagnostico pela Medicina Tradicional Chinesa, é possível distinguir onde ela começa e quais os caminhos evolutivos que ela pode tomar, assim identificando as causas, excessos ou deficiências. No tratamento, utilizamos técnicas como: Acupuntura, Auriculoterapia, Dietoterapia Chinesa, Eletroterapia, Fitoterapia, Moxaterapia, Ventosaterapia. As mudanças também são importantes no processo de melhora, como: O estilo de vida e hábitos sociais do indivíduo, alcoolismo, sedentarismo, alimentação e obesidade.   

Prevenção

A Medicina Tradicional Chinesa é interagir o corpo e a mente para gerar o equilíbrio físico,   mental e a ”energia vital” que circula pelos canais energéticos do corpo, os chamados meridianos,  além de procurar identificar a existência de outras causas que possam estar relacionadas com a disfunção erétil. A Medicina Tradicional Chinesa, pode ser uma forma de prevenir doenças que as vezes podem não ter sintomas aparente no primeiro momento, restaurando a saúde sem efeitos colaterais.  

Referências

– Maciocia Giovanni   – Diagnostico na Medicina Chinesa, São Paulo: Roca – 2005

– Maciocia G. Os Fundamentos da Medicina Chinesa: Um texto abrangente para acupunturistas e fitoterapeutas. 1ª ed. São Paulo: Roca, 1996.

– Professor Xie Zhufan – Praticas da Medicina Tradicional Chinesa – São Paulo, 2009

– http://maciociaonlineportugues.blogspot.com/2013/08/disfuncoes-sexuais-masculinas.html – Junho 2020

– https://portaldaurologia.org.br/doencas/impotencia-sexual/ Junho – 2020- https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_sexual_reprodutiva_homens_cuidado.pdf – Julho – 2020  

– https://gq.globo.com/Corpo/Saude/noticia/2019/01/impotencia-sexual-um-fantasma-masculino – REDAÇÃO   GQ21 JAN 2019 – 13H00 ATUALIZADO EM 21 JAN 2019 – 13H00 – Julho- 2020  

– https://www.hellis.com.br/h-ellis – Julho – 2020

– https://www.vittude.com/blog/impotencia-sexual-emocional – Junho/2020

– https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/bem-estar/saude-bem-estar/impotencia-e-uma-das-principais-consequencias-do-cancer-de-prostata – Junho – 2020

– http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/05/impotencia-sexual-atinge-25-milhoes-de-brasileiros-acima-dos-18-anos.html – Junho 2020


Vânia Santos é enfermeira (Coren-SP 181.455), especialista em Medicina Tradicional Chinesa/Saúde Integral e professora de Acupuntura e Coordenadora do Ambulatório no Instituto Long Tao.

Este texto foi enviado pelo profissional mencionado e seu conteúdo é de sua total responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *