Introdução à Psicossomática | Por Denise Darin

Tempo de leitura: 4 minutos

Por que ficamos doentes?

Por que uma forma de doença e não outra?

Por que numa parte do corpo e não em outra?

É preciso fazer perguntas, investigar até chegar na raiz (origem) do desequilíbrio. Quando buscamos uma outra visão e reflexão dos acontecimentos, acabamos encontrando as respostas para o que nos acontece.

Psicossomático –  pisc. (o) – + – somático

Resultado de imagem para psicossomática

Adjetivo

1.que pertence ao mesmo tempo ao orgânico e ao psíquico.

2.que é causado ou agravado por estresse psíquico, geralmente involuntário e inconsciente, acompanhado de certas alterações do sistema nervoso vegetativo (diz-se de distúrbio de certas funções orgânicas e corporais).

Etimologia

A palavra Psicossoma é de origem grega:

(Psykhé) = pisco – mente.

(Soma) = alma – corpo.

A palavra psicossomáticacompreende o ser humano de forma integral em que não existe separação entre mente e corpo. É uma palavra substantiva que pode ser empregada para qualquer tipo de sintoma, seja ele físico, emocional, psíquico, profissional, relacional, comportamental, social ou familiar.

O termo ânimo significa alma. A doença psicossomática tem sua origem na alma e no psicológico.

Assim, doenças psicossomáticas estão relacionadas a emoções, sentimentos, pensamentos que se manifestam no corpo físico.

Os sinais, sintomas e dores são formas que a nossa alma encontra para nos avisar o que estamos fazendo conosco, ou seja, nos traz informações acerca da origem inconsciente das doenças.

A mente, por não conseguir resolver ou conviver com um determinado conflito emocional, passa a produzir mecanismos de defesa com o propósito de deslocar a dificuldade psíquica para o corpo.

É preciso conhecer para entender, precisamos conhecer e compreender o funcionamento da mente. Conhecer o universo psíquico.

Resultado de imagem para consciente e inconsciente iceberg

A mente pode ser vista sob dois aspectos:

O consciente é onde ocorre a percepção, fruto da interação entre o interno e o externo. É a parte que pensa, escolhe, decide, promove lucidez, discerne, muda o ponto de vista.

O inconsciente é mais complexo, é atemporal e ilimitado. Abrange tudo o que já existiu, existe e existirá. Seus conteúdos podem se manifestar no mundo consciente. Nele ficam registradas as experiências vividas, as lembranças do passado. Influência fortemente o que escolhemos e validamos como verdade.

Grande parte dos conteúdos da mente origina-se do inconsciente, a constituição psíquica é formada pelas crenças e valores que acreditamos como verdades tanto positivas quanto negativas. São como “bilhetes” que compramos para chegarmos a um determinado destino.  O que determina o destino como positivo ou negativo, são os resultados obtidos.

Crenças aprendidas se tornam verdade para o indivíduo, mas este tema será melhor abordado numa próxima publicação.

As doenças e a psicossomática

Resultado de imagem para ponto de chegada

A doença é a manifestação dos conflitos internos, antes que somatize no corpo o indivíduo vai apresentar desequilíbrios de ordem emocional como tristeza, culpa, medo, irritação, euforia, ansiedade, pensamento obsessivo, compulsões, etc. Tais desequilíbrios trarão modificações dos níveis hormonais e metabólicos, que vão alterar os padrões dos órgãos. São avisos de que não está vivendo de acordo com a sua verdadeira essência.

A dor e a doença nos trazem um estado de reflexão para que tenhamos entendimento e uma nova atitude perante a vida e seus acontecimentos.

Resultado de imagem para engolir sapo

Gastrite e Psicossomática

O significado clínico Gastrite é: inflamação do estômago.

Psicossomática: surge mediante a postura interna da pessoa de engolir as emoções com raiva e indignação, que causa um aumento na secreção dos sucos gástricos, que corroem as paredes do estômago. Não fala, não se posiciona para não agredir o outro e se auto agride (engolindo a raiva). Como não verbaliza, fica ruminando a situação internamente na esfera mental. É o famoso “engolir sapo”.

“Toda enfermidade é uma solução biológica para um conflito emocional inconsciente, não resolvido. Descobrir, compreender e tornar consciente o código secreto do sintoma detém a doença até sua total remissão”. 

Dr. Ryke Hamer.


Denise Darin é professora de Medicina Tradicional Chinesa no Instituto Long Tao, terapeuta holística formada pela (UCB), numeróloga, radiestesista, terapeuta floral e atua como acupunturista, psicanalista transpessoal, programação neurolinguística e demais técnicas que proporcionem o autoconhecimento e o reequilíbrio do corpo e mente.

Este texto foi enviado pela profissional mencionada e seu conteúdo é de sua total responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *