Trombose na Visão Medicina Tradicional Chinesa | Por Vânia Santos

Tempo de leitura: 5 minutos

Causadora das doenças cardiovasculares que mais matam no mundo, a trombose pode aparecer em qualquer idade. A trombose é a formação de um coágulo (trombo) em um vaso sanguíneo. Quando o trombo se forma em uma veia a condição é conhecida como Trombose Venosa Profunda (TVP) e, quando acontece na artéria, como Trombose Arterial (TA), impedindo, em ambos os casos, que a circulação flua de maneira correta. A doença é comum no mundo inteiro e, no Brasil, estima-se que tenha aproximadamente 400 mil casos de TVP (Trombose Venosa Profunda) por ano.

O trombo também pode se desprender e viajar para algum órgão, como o pulmão, impedindo o seu funcionamento, condição conhecida como embolia pulmonar. Além disso, o trombo também pode ir até o coração ou ao cérebro, causando complicações como o ataque cardíaco e o acidente vascular cerebral (AVC), junto com a Trombose Venosa Profunda, popularmente conhecida apenas como trombose.  

Aproximadamente 60% das TVPs acontecem depois ou durante uma hospitalização médica. Outro dado importante é que pacientes com câncer têm quatro vezes mais riscos de desenvolver trombose do que a população geral. Isso depende do tipo de câncer, de como ele é tratado e o nível de atividade física. É importante que o paciente seja proativo e questione os riscos de trombose durante um tratamento, uma internação, ou antes de uma cirurgia.

Para as mulheres grávidas também é necessário atenção. Com a gravidez, maior quantidade de hormônios femininos circula no corpo, o que pode causar aumento da coagulação. Por fim, pessoas sedentárias, que trabalham muito tempo sentadas ou tenham histórico na família têm riscos de desenvolver a doença, que pode se manifestar em qualquer idade.

Ao identificar os principais sintomas de trombose é necessário encaminhar o paciente imediatamente a um especialista. Pode ser um clínico geral, angiologista ou cirurgião vascular, se ela não for prontamente diagnosticada e tratada, pode levar o paciente à morte.

Sinais e sintomas

  • Edema (Inchaço) ;
  • Dor;
  • Queimação e mudanças na cor da pele;
  • Calor e vermelhidão da panturrilha indica possível trombose venosa profunda.

Sinais de embolia pulmonar:

  • Contemplam falta de ar;
  • Dor no peito e tosse.

Fatores predisponentes da trombose venosa podem ser:

  • Hereditários ou adquiridos: algumas pessoas têm uma predisposição genética para a formação dos trombos, quadro esse denominado de Trombofilia (fator hereditário);
  • Pós-operatório: de grandes cirurgias, imobilização decorrente de fraturas ou internações prolongadas;
  • Obesidade; 
  • Uso anticoncepcionais orais.

Diagnóstico e tratamento

Quando o diagnóstico é realizado de forma rápida previne as complicações decorrentes da trombose. Além do exame físico, alguns exames poderão ser solicitados, como ultrassonografia, tomografia, ressonância magnética, entre outros.

Para o seu tratamento são utilizados medicamentos anticoagulantes, o tempo de uso irá depender da extensão da trombose, mas geralmente o uso de anticoagulantes se estende por 3 a 6 meses.

Prevenção

Atitudes simples do dia a dia ajudam na prevenção da doença, como evitar ficar muito tempo sentado, manter uma dieta equilibrada, praticar exercícios físicos regularmente, evitar o sobrepeso, parar de fumar e fazer uso de meias de compressão, caso tenha algum histórico familiar associado a varizes ou à trombose.

Medicina Tradicional Chinesa

Na Medicina Tradicional Chinesa as técnicas devem ser realizadas sempre no membro não afetado e pontos na parte superior do corpo.

As disfunções cardiovasculares que compõe o SCV (Sistema cardiovascular) são:  Xin (Coração) Imperador, Artérias, Veias e Sangue.  Segundo a MTC, a trombose depende Herança Genética, alimentação, ambiente, condições de higiene, das energias e psiquismo. Falta de alegria, os medos, horrores dos dias atuais debilitam Xin (Coração).

A MTC relata que o coração deve ser abordado em seu tratamento de forma indireta, não através do Imperador (próprio coração) mas sim através de seu ministro Pericárdio (Mestre do coração), San Jiao (triplo aquecedor) e Intestino Delgado (ID).

Aterosclerose – Umidade gera fleuma – obstrui orifícios e bloqueia a circulação de energia e sangue.

Tratamento na Medicina Tradicional Chinesa

Após diagnostico pela MTC, antes de tratar o coração deve-se recuperar sua calma. O coração tem o papel mais importante na atividade nervosa.   

  • Acalmar o Shen e clarear mente;
  • Harmonizar Xue (Sangue) e o Qi (Energia);
  • Promover a circulação do Qi (Energia) e do Xue (Sangue);
  • Harmonizar calor Xin (Coração);
  • Refrescar o calor Xue (Sangue);
  • Ativar a circulação do Xue (Sangue) e dos Vasos sanguíneos;
  • (Xue Hai) Mar do Sangue: Manter a composição sanguínea adequada para prevenir a formação de ateroma, trombose.

Dentro todas funções físicas a circulação sanguínea é a mais importante, uma vez que que ela é interrompida, todas as outra funções também são interrompidas. Dentre todas as atividades mentais da vida, o Shen (Mente) é a mais importante, significa a manifestação abrangente das atividades da vida, especialmente a clareza mental.      

Atitudes preventivas, cuidado com a saúde ainda é a melhor forma de evitar doenças, mudanças no estilo de vida são necessárias.

Referências

Práticas da Medicina Tradicional Chinesa – Professor Xie Zhufan –Editora Ícone – São Paulo –  2009

Alimentação Terapêutica Chinesa – Fernanda Mara dos Santos Editora Inserir – São Paulo – 2018

Diagnostico da Medicina Chinesa – Giovanni Maciocia – São Paulo Roca, 2005

Laser em Acupuntura- teorias e práticas – Luiz Carlos Fornazieri – Editora Roca 

Ilib Irradiação do Sangue a Laser … Diretor Científico da Riwt (Instituto Ricardo Trajano)

https://revistanews.com.br/2020/06/26/brasil-tem-uma-media-de-400-mil-casos-de-trombose-por-ano/

https://www.uai.com.br/app/noticia/saude/colunistas/leonardo-bez/2020/01/08/noticias-saude,254322/entenda-o-que-e-a-trombose-venosa-profunda.shtml

http://www.vascular-rs.org.br/index.php/patologias/276-trombose-venosa-profunda


Vânia Santos é enfermeira (Coren-SP 181.455), especialista em Medicina Tradicional Chinesa/Saúde Integral e professora de Acupuntura e Coordenadora do Ambulatório no Instituto Long Tao.

Este texto foi enviado pelo profissional mencionado e seu conteúdo é de sua total responsabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *