Cervicalgia | Por Silvana Hechem Navarro

Tempo de leitura: 2 minutos

Na Medicina Tradicional Chinesa, a Cervicalgia ocorre devido à deficiência do rim e do fígado ou por estagnação do Qi, invasão ou acúmulo de frio e desnutrição dos tecidos moles.

A ação da acupuntura auricular ou sistêmica estimula a liberação de opióides endógenos e neurotransmissores que promovem analgesia, fazendo estímulo nas fibras nervosas do tipo A delta para produzir um impulso inibitório descendente. A inserção de agulhas ou estimulo em pontos específicos possuem um efeito imunomodulador com a ativação de fatores mediadores da inflamação, além de resultar em uma elevação de hormônio adrenocorticotrófico e de corticosteróides endógenos.

Os sintomas podem ser caracterizados por sinais de dor localizada que irradia ou não para a cabeça e para os membros superiores. As causas dessas dores podem ser: problemas degenerativos do disco cervical, trauma, hipertrofia, inflamação, osteofitos, abaulamento das estruturas vertebrais, lesão dos tecidos moles, compressão vascular e lesão plexo cervical ou braquial, levando a limitação da cervical e do tórax. Além disso, uma possível causa psicossomática pode ser o excesso de preocupação.

Tratamento auricular

A acupuntura auricular para a cervicalgia pode ser realizada com aplicação nos seguintes pontos:

  1. Shen Men;
  2. Rim;
  3. Simpático;
  4. Região Cervical;
  5. Ápice da Orelha;
  6. Vesícula Biliar
  7. Pescoço;
  8. Nervo Auricular Maior;
  9. Hélix 4;
  10. Occipital;
  11. Bexiga

Além dos pontos citados na imagem ao lado, podem ser utilizados outros pontos para o tratamento, como: Supra Renal, Olho, Fígado, Clavícula, Relaxante muscular e Endócrino.

O ponto Shen Men possui a função de anti – inflamatório e analgésico, o ponto da cervical ativa a circulação do Qi e do Sangue na região para melhorar a nutrição dos tecidos moles, o ponto do Fígado controla a nutrição dos ligamentos, tendões e armazenamento de sangue fortalecendo os tecidos moles, o Nervo Occipital desobstrui os canais com ação de aquecimento local ativando a circulação e aliviando o desconforto, o ponto Endócrino serve para realizar a liberação de cálcio e fósforo, e por fim, o ponto de Rim possui a função de fortalecimento dos ossos e excreção da inflamação.

Além disso, o tratamento também pode ser realizado com técnicas da eletroacupuntura.

Para que se obtenha analgesia, o importante é estimular com eletroacupuntura os pontos Região Cervical e o ponto Nervo Auricular Maior, com onda contínua por vinte minutos e 30 Hz de freqüência. Nos casos de deficiência, o mais importante é tonificar os pontos de Rim e Fígado com agulha filiforme. (SENNA, 2012).

Na imagem ao lado podemos observar um quadro prático de cervicalgia. Segundo Romoli (2013), esse caso se caracteriza por ser uma hipertrofia serpiginosa da anti-hélix, que gerou consequências degenerativas na paciente.


Silvana Hechem Navarro é fisioterapeuta (CREFITO-3/56.309-LTF) e acupunturista, bem como é professora e coordenadora de ambulatório do Instituto Long Tao.

Este texto foi enviado pelo profissional mencionado e seu conteúdo é de sua total responsabilidade. 

1 comentário

Deixe uma resposta para EdiE Pêréìra Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *